22 dezembro 2015

Análise: Star Wars VII (contém spoiler)





Na quinta-feira, 17 de Dezembro, aconteceu a estreia de Star Wars - O despertar da força (finalmente!!), como boa fã, eu não poderia deixar de prestigiar, né? O local estava maravilhoso, fãs ansiosos esperando pelo lançamento, tinha Star Wars por toda parte e não poderia ser diferente. Depois de assistir aquela maravilha que me fez chorar o tempo inteiro, decidi fazer um review!


ESTE POST POSSUI SPOILER, SE VOCÊ AINDA NÃO ASSISTIU AO FILME, FUJA!!!

Há 10 anos sem filmes (Se a Disney não comprasse a Lucasfilm, sabe lá Deus até quando duraria), toda espera valeu a pena! Se você tiver a chance de assistir/ rever o filme em 3D, não perca tempo. O efeito das letras, a X-wing, em 3D tudo está mais maravilhoso que nunca. Antes de começar deixo registrado o meu muito obrigada ao J.J.Abrams, ele conseguiu resgatar a essência! Sem mais delongas, vamos pra a análise.



De início o filme se parece bastante com o episódio IV - Uma nova esperança, visto que ambos começam com uma invasão. Isso frustrou a muitos, sentiram como se estivessem assistindo a um remake, mas a minha reação não foi assim. Por que? Pense só, como seria se o filme contasse uma história totalmente diferente das já vistas anteriormente? Nenhuma história surge do nada, se o filme começasse direto no clímax, não teria sentindo produzir outros dois filmes. Por isso, o episódio VII deve ser visto como uma menção aos episódios antigo, um resgate nostálgico que dá início a uma nova trilogia, muito bem sucedido!

Vemos também um senhor, ligado então a princesa Leia. Lor San Tekka é um antigo aliado dos rebeldes, mas o que estaria fazendo em Jakku?

Continuando sobre o início do filme, o encontro entre Kylo Ren e Poe Dameron me deixou com uma certa pulga atrás da orelha! Encontro este que deu a impressão de alguma ligação entre os dois, seja rivalidade, amizade, algo do tipo. Sobre isso, só resta aguardar, né?

Poe Dameron, na minha opinião, pode ser considerado o vermelho 2 dos filmes anteriores! Espero que o personagem dele seja desenvolvido nos próximos filmes, dizem que ele é protagonista, porém senti como um personagem secundário!

O que dizer do BB-8? Logo de cara já ganhou a todos, impossível negar o carisma em cada movimento, barulho, em tudo! 

Os ícones clássicos não ficam para trás, além de passar o bastão para os novos, cada um tem fundamental importância para desenrolar a história. O querido Han Solo, visto com seu humor inegável e o contrabandista que todo mundo ama, no novo filme não perde esse posto e ainda ganha um novo! Solo é responsável por "iluminar" o caminho de Rey. 

Rey, personagem da maravilhosa Daisy Ridley! Sempre tivemos grandes exemplos femininos, como Padmé Amidala, Princesa Leia, Shmi Skywalker, Mon Mothma, etc. Porém, nunca tivemos um personagem feminino como protagonista! A nova trilogia gira em torno de Rey, a catadora de lixo abandonada em Jakku, a qual possui a força fortemente! Por que Rey foi deixada em Jakku, seria ela uma padawan que conseguiu sobreviver ao ataque Ren?

Muitas perguntas rondam a personagem de Daisy Ridley, entre elas a principal, o porquê da força ser tão forte nela! No filme o sabre de luz do Luke a chama e nesse momento ela consegue relembrar diversos fatos envolvendo Luke e a si própria, esse e outros indícios nos levam a acreditar que talvez Rey possa ser filha de Skywalker. Mas como? Luke sempre foi íntegro e rígido a Ordem Jedi, sendo assim ele não pode ter relacionamentos, e consequentemente, filhos. Porém, no expandido, Luke se casa com Mara Jade e eles tem um filho, Ben Skywalker! Quem sabe eles não adaptaram isso? 

Mas o que deixou muitos de cabelos em pé foi a luta entre Kylo Ren e Rey! Como a Rey, sem treinamento algum, consegue "vencer" alguém que já foi treinado? Choveram críticas a esse ponto, acreditam ser algo muito precipitado, porém, quando a pessoa tem a força, ela a tem, entende? A força é extremamente forte na Rey, sendo assim ela tem o dom de diversas coisas, mesmo sem passar por treinamento. Vale lembrar que Rey já sabia lutar com armas brancas, já sabia pilotar e diversas outras coisas. Um ponto que não se deve deixar passar é a questão de que Kylo Ren ainda não é um Sith (irei abordar isso mais pra frente). Outra coisa importante é que Ren já estava fraco, antes da luta ele foi atingido por Chewbacca e também lutou com Finn! Tudo conspirava para a Rey, isso é inegável, como afirmar que ela nunca foi treinada? O passado de Rey é cheio de mistérios, ela é o despertar da força!

Vamos falar sobre Kylo Ren, o vilão que deixou muitas impressões logo na primeira aparição. Confesso que de início eu havia achado um vilão bem cru, mas como tudo tem explicações, com ele não foi diferente. O primeiro ponto é, não tem como fazer um "vilão" maior que Vader! Como assim? Simples, Star Wars é marcada por Vader, é a história de Anakin Skywalker/Darth Vader, como fazer um vilão superior ao personagem mais marcante e clássico da história? Vader é o queridinho!

Sobre Kylo ser filho de Solo e Leia, foi surpreendente, mas ao mesmo tempo "esperado". Acho que não faria sentido algum Ren não ter parentesco com os personagens antigos e ser o vilão.

"Vader não tirava a máscara atoa", "Esse menino tira a máscara até pra lutar", essas foram algumas das frases proferidas por diversos a respeito do ato consecutivo de Ren tirar a máscara ao decorrer do filme. Vamos as explicações, por que Vader não tira a máscara, em? Todo mundo sabe que a máscara é uma das peças mais importantes da armadura, ela é vital! Sem ela, Vader morreria, então não era conveniente para ele andar sem a máscara. E outra, Kylo não é Vader para ficar de máscara a todo momento, ele tem sua própria personalidade!

Falando em personalidade, eu disse que havia achado um vilão cru, e ele realmente é! Mas isso não é ruim, ele é um vilão em desenvolvimento, ele ainda é fraco e como eu havia mencionado, ele ainda não é um Sith! Sim, ele não é um Sith, o próprio mestre Snoke proferiu "ele ainda não concluiu o treinamento" ou seja, ele ainda tem muito o que desenvolver no desenrolar da história. O que eu mais escutei nesses últimos dias foram críticas ao rages do Kylo que acontecem em todo momento. Isso faz parte da personalidade dele! Como foi dito no filme por Rey, o medo de Ren de não conseguir ser forte o bastante como foi seu avô, Vader, o deixa extremamente mal. Com toda essa personalidade, Ren faz cair todo o conceito de vilão inatingível e explora as principais fraquezas do lado negro, sendo a principal o embate dos sentimentos. Kylo ainda é jovem, está oscilando entre o lado da luz e o lado sombrio, isso gera um enorme conflito interno! Adam Driver desempenhou seu papel muito bem e cumpriu totalmente com a proposta do personagem.

Ainda sobre Ren, ou melhor, Ben, o que o levou a se virar contra Luke e seguir o lado negro da força? Só saberemos no próximo filme!

Quem é o supremo líder Snoke? Uma inquietação foi deixada para trás! De onde surgiu? Por que se tornou líder? Sabemos que ele foi o responsável por seduzir Ren para o lado negro, mas e o resto? Estou ansiosa para saber mais sobre ele!

A MORTE DE HAN SOLO!!!! Juro que foi nessa hora que eu tive uma imensa vontade de entrar no filme e mudar o roteiro, não, meu personagem não pode morrer! Por que a triste morte de Solo foi necessária e importante para o filme? Solo está passando o bastão, isso é natural, os personagens antigos vão dar espaço aos atuais nessa nova trilogia. Para o desenvolvimento de Kylo Ren no lado negro, a morte de Solo foi fundamental, só mostra como a vontade de ser forte como Vader o levou a matar o próprio pai, o lado negro já o consome! Vale lembrar que Harrison Ford sofreu acidentes durante as filmagens, a missão de Solo nesse incrível universo de Star Wars já foi cumprida. O que faz Star Wars ser essa preciosidade é justamente não seguir a ideia de que os "mocinhos" sempre se dão bem! O personagem maravilhoso de Ford vai ficar pra sempre marcado (não, não tô falando de Indiana Jones), Han Solo sempre foi e sempre será o eterno contrabandista que amamos.

FN-2187, ou melhor, Finn. O personagem de John Boyega assim como Rey, é um dos destaques da nova trilogia. Um stormtrooper arrependido, no início Finn se preocupava somente em se manter longe da primeira ordem, um pouco egoísta, porém, as coisas vão mudando no decorrer do filme. A única coisa que eu achei um pouco exagerada no personagem foi a piadinha com a capitã Phasma, fora isso foi tudo muito bom. Finn e Rey formam uma dupla e tanto, fico com um pé atrás quanto a um possível romance, mas vamos ver no que dá. Espero que o próximo ep aprofunde a história pessoal do personagem, aposto que tem bastante coisa pra contar.

Sobre a Capitã Phasma, confesso que me decepcionou muito! Antes do lançamento não paravam de falar da incrível Phasma, e no filme? Faltou espaço, ela não pode mostrar a grandeza da personagem. Sabemos que ela foi mandada por Solo e Finn para o compactador de lixo. Será que ela conseguiu se safar para poder mostrar o potencial de sua personagem?

A Primeira Ordem não é nada mais, nada menos que o antigo e conhecido Império, mais agressiva e controladora, é claro. Não é explicada muito bem no filme, mas isso é normal, com o Império nos filmes anteriores, foi do mesmo jeito. Sem sombra de dúvidas no universo expandido vamos encontrar muito sobre isso.

O que será do nosso querido Chewbacca agora com a morte do seu companheiro? Chewie continua com a mesma essência dos filmes anteriores, a única coisa que senti falta foi de um abraço com a Leia depois da morte de Solo, fora isso, tudo em perfeita ordem! Acredito que ele se tornará o co-piloto de Rey, vamos aguardar.

Ah, Princesa Leia, a princesa mais querida da galáxia. Que ela sempre desempenhou um ótimo papel todo mundo já sabe, mas perder o título de princesa e assumir o posto de general da resistência é demais! Caiu como uma luva o posto de general para a nossa eterna Leia. No geral, a personagem ficou completa. Em uma única personagem conseguimos captar a essência de general, de princesa e também de mãe! Só amores por essa personagem, Carrie Fisher sempre maravilhosa.

Maz Kanata, a personagem de Lupita, de cara me lembrou o nosso mestre Yoda, a tamanha sabedoria é o fato que mais me remete a ele. Achei uma personagem ótima, espero profundamente que ela não tenha morrido no ataque e que possamos a encontrar novamente.

Resolvi deixar o melhor para o final, assim como no filme (haha!) e por último, mas não menos importante, Luke Skywalker! Para muitos, foi decepcionante Luke aparecer somente no final do filme e na visão de Rey, mas gente, ainda estamos no primeiro filme, é uma introdução, não dá pra mostrar tudo em um único filme né? Fala sério! Sabemos que a "missão" de Luke era restabelecer a Ordem Jedi na galáxia, e foi deixado bem claro no filme que ele estava criando uma nova academia Jedi, até um padawan se voltar contra ele, destruir os outros aprendizes e ir para o lado sombrio, aprendiz esse conhecido como Kylo Ren! Rey o encontrou em um planeta isolado, mas porque ele se isolou? O que tem por trás disso?

Sem dúvidas, O Despertar da Força era tudo o que faltava! O filme é o início de uma nova trilogia, traz de volta o maravilhoso universo de Star Wars. As falhas fazem parte dessa obra maravilhosa, e cá entre nós? O que são pequenas falhas perto da grandiosidade que chamados de Star Wars? Que os próximos filmes possam ser melhores ainda e podemos ter certeza que as falhas serão corrigidas. A alegria maior é ter Star Wars de volta! Espero que essa análise tenha sido útil, May the force be with you! 

2 comentários :

Nayara Cristina | Responder
disse...

Migaaaaaa, li tudo, confesso que não me despertava curiosidade, e apesar dos spoiler já quero ver!!!!
Beijooos
www.aidadetaoesperada.com

António Jesus Batalha | Responder
disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Postar um comentário